Dissolução de túmulo de substituto de Hitler provoca manifestação na Alemanha

Cerca de 250 simpatizantes e filiados do Partido Nacional Democrata Alemão (NPD por sua sigla em alemão) manifestaram-se contra a dissolução do túmulo do nazista Rudolf Heß, nomeado substituto de Hitler.Rudolf Walter Richard Heß

A pacata cidadezinha de Wunsiedel, na fronteira com a República Tcheca, têve sua rotina quebrada neste sábado (30), quando 250 filiados e simpatizantes do Partido Nacional Democrata Alemão (PNDA) saíram as ruas para protestar contra a dissolução do túmulo de Rudolf Heß, que em 1933 foi nomeado por Adolf Hitler com seu substituto.
Ainda que a demonstração tivesse sido convocada por outros motivos, o conselho da cidade disse que o verdadeiro motivo pode haver sido a dissolução do túmulo do nazista preso em 1945 na Escócia, depois de fugir durante a Segunda Guerra Mundial.
A Polícia, que já prestava proteção aos manifestantes de direita, entrou em ação quando o primeiro grupo se encontrou com outro anti-nazista. As forças policiais prenderam quatro manifestantes, dois do Partido a Esquerda e dois do PNDA, por porte de arma e armas brancas. Também nas proximações do local, um terceiro grupo de 300 pessoas reuniu-se para uma missa para lembrar as mortes na Noruega ocasionadas pelo ato terrorista de um simpatizantes de extrema direita.
Túmulo
No passado dia 21 de julho foi desocupado o túmulo de Rudolf Walter Richard Heß, 24 anos depois de sua morte. Na cidadezinha de Fichtelgebirge, do outro lado da fronteira, as manifestações de radicais de extrema direita estão proibidas.

Anúncios

Neonazis austríacos publicam site racista em comemoração ao aniversário de Hitler

No início da madrugada da quarta-feira passada, 20 de april, foi publicado o site o “alpen-donau.info” com conteúdo racistas e antisemita. O site que já havia sido retirado do ar pela justiça no passado mês de março, – agora publicado sob o domínio .net – esteve apenas algumas horas no ar, até ser descoberto.

No dia 20 de abril, data relebrada pelos simpatizantes do nazismo pois, foi em um dia 20 de abril de 1889 que nasceu Adolf Hitler na cidadezinha austríaca de Braunau, foi recolocado no ar o site “alpen-donau.info” com conteúdos racistas

Segundo a Procuradoria de Viena, o site vinha há dois anos reunindo sigilosamente um grupo de neonazis que tinham acesso aos conteúdo através do forum do site protegido por senhas. Ainda segundo as autoridades, o líder intelectual do site e do grupo é Gottfried Küssel. Assim como o site, um canal de videos publicado no site YouTube estiveram no ar algumas horas antes de serem rastreados.

Simpatizantes e partidários de Küssel mantém na rede social Facebook um grupo chamado “Freedom for Gottfried Küssel” e convocam aos “camaradas” da Alemanha, Austria, Suiça, Sul do Tirol, Eslovaquia, Tchechenia e Hungria à “apoiarem a libertação de Gottfried Küssel” e “lutar por uma Alemanha e Austría livres de extrangeiros”. Através do site “widerstand.info”, publicado e mantido por simpatizantes de Küssel, os neonazis austríacos e alemães divulgam a ideologia nazista e angariam verbas através de doações.

Küssel, que esta preso desde 1990 por divulgação defender e divulgar as idéas racistas e antisemita de Hitler, fundou em 1983 o Partido da Oposição da Fidelidade Popular Não Parlamentar (VAPO, por sua sigla em alemão) defendia que a “ideologia de Hitler era muito boa” e que com a perda da Segunda Guerra Mundial “a Alemanha também perdeu”.

A Secretária de Defesa Constitucional e Luta contra o Terrorismo austríaca informou que o site foi publicado no servidor americano Wild West Domains localizado no Arizona, onde as leis, onde a divulgação de conteúdo nazistas não é punida.