Casa, onde Hitler nasceu, poderia ser demolida

A casa onde o Hitler nasceu e passou seus primeiros três anos de vida. O edifício pode apenas ser utilizado para iniciativas educativas. Leia mais deste post

Anúncios

Cresce a procura por armas e spray de pimenta na Alemanha e Austría

Na Austría, a procura por armas de auto defesa aumentou, principalmente na região fronteriça. Na Alemanha, as prateleiras de spray de pimenta estão vazias devido à procura. Leia mais deste post

Austría regulamenta o Islã e Alemanha quer exigir alemão nas Mesquistas

O parlamento austríaco aprovou uma lei para diminuir a radicalização religiosa e “europeizar o Islã” no país. Na Alemanha, políticos querem exigir que Imans falem só alemão nas Mesquitas. Leia mais deste post

Neonazis austríacos publicam site racista em comemoração ao aniversário de Hitler

No início da madrugada da quarta-feira passada, 20 de april, foi publicado o site o “alpen-donau.info” com conteúdo racistas e antisemita. O site que já havia sido retirado do ar pela justiça no passado mês de março, – agora publicado sob o domínio .net – esteve apenas algumas horas no ar, até ser descoberto.

No dia 20 de abril, data relebrada pelos simpatizantes do nazismo pois, foi em um dia 20 de abril de 1889 que nasceu Adolf Hitler na cidadezinha austríaca de Braunau, foi recolocado no ar o site “alpen-donau.info” com conteúdos racistas

Segundo a Procuradoria de Viena, o site vinha há dois anos reunindo sigilosamente um grupo de neonazis que tinham acesso aos conteúdo através do forum do site protegido por senhas. Ainda segundo as autoridades, o líder intelectual do site e do grupo é Gottfried Küssel. Assim como o site, um canal de videos publicado no site YouTube estiveram no ar algumas horas antes de serem rastreados.

Simpatizantes e partidários de Küssel mantém na rede social Facebook um grupo chamado “Freedom for Gottfried Küssel” e convocam aos “camaradas” da Alemanha, Austria, Suiça, Sul do Tirol, Eslovaquia, Tchechenia e Hungria à “apoiarem a libertação de Gottfried Küssel” e “lutar por uma Alemanha e Austría livres de extrangeiros”. Através do site “widerstand.info”, publicado e mantido por simpatizantes de Küssel, os neonazis austríacos e alemães divulgam a ideologia nazista e angariam verbas através de doações.

Küssel, que esta preso desde 1990 por divulgação defender e divulgar as idéas racistas e antisemita de Hitler, fundou em 1983 o Partido da Oposição da Fidelidade Popular Não Parlamentar (VAPO, por sua sigla em alemão) defendia que a “ideologia de Hitler era muito boa” e que com a perda da Segunda Guerra Mundial “a Alemanha também perdeu”.

A Secretária de Defesa Constitucional e Luta contra o Terrorismo austríaca informou que o site foi publicado no servidor americano Wild West Domains localizado no Arizona, onde as leis, onde a divulgação de conteúdo nazistas não é punida.

Aniversário de Hitler gera manifestações na Austria

Foto: DivulgaçãoNo pequeno vilarejo de Braunau, onde nasceu Adolf Hitler, cerca de 400 sairam às ruas para manifestar-se contra facismo, enquanto um grupo de partidários do Partido Nacionalista Austríaco relembrava o aniversário do lider nazista e ex-presidente da Alemanha com uma anti-demonstração.

O grupo “Braunau contra a direita”, em tradução livre, saiu às ruas do lugarejo Braunau, na Alta Austria, neste sábado (16) para manifestar-se contra o nazismo e fascismo. A passeata tinha por objetivo repudiar o extremismo dos partidos políticos de extrema direita no país. A manifestação pacífica ocorre na cidade há alguns anos. A ocasião também foi aproveitada por cerca de 40 integrantes do Partido Nacionalsocialista Austríaco (NVP, por sua sigla em alemão) para relembrar a data de nascimento do líder nazista, nascido em 20 de abril de 1889 em Braunau.

“Apesar da convocação do partido Nacionalista Austríaco para uma anti-manifestação, não nos deixamos provocar”, disse o presidente do Partido Comunista Austríaco (KJÖ), Robert Landrichinger, lembrando que, em seu website o PNA convocou seus partidários a impedir com violência passeata anti-nazista.

Segundo Werner Buchegger, Ministro Regional e representante do Direito Constitutional local, o grupo do partido nacionalistasocialista obteve proteção policial durante a manifestação. “Essa medida foi tomada para evitar uma escalacao dos animos”, explica Buchegger.

A Polícia local informou que apenas dois partidários da PNA foram detidos para controle e liberadaos logo em seguida.