Imigrantes dão calote em loja online


Loja virtual alemã fez cerca de mil entregas em um bloco de apartamento de imigrantes refugiados, porém não recebeu. Prejuízo foi de 795,5 mil reais.

Entre junho de 2014 e junho de 2015 a empresa Zalando, que vende roupas e calçados online, realizou 962 entregas em um bloco de apartamentos na cidade de Lebach, no Estado do Sarre, sul da Alemanha, que abriga imigrantes refugiados. A informação é do site Handelsblatt (leia notícia em alemão aqui). De acordo com a reportagem, os envios não pagos deixaram um rombo de cerca 182 mil euros (R$ 795,5 mil).

O caso foi levado à Polícia por suspeita de calote e a Promotoria Pública deve investigar o caso, o que não será algo fácil, já que 100 dos clientes identificados, 59 já não vivem mais na Alemanha. Eles teriam feito pedidos online no valor de 50 mil euros (R$ 219 mil). Outros 355 clientes não foram ainda identificados, possivelment por se tratar de nomes falsos.

Enquanto alguns políticos tecem críticas, que alguns imigrantes abusam do sistema, a ONG Saarländischer Flüchtlingsrat critica o Governo Federal pela demora em reconhecer o status de refugiados de alguns imigrantes. A ONG reclama ainda, no Estado do Sarre os imigrantes tem muitos gastos com alimentos e serviços e não sobra dinheiro para fazer compras.

Sobre Redação Europa
Luciano Alarcón, é jornalista formado pelo Centro Universitário de Araraquara, foi jornalista e Webmaster da Revista AméricaEconomía em Santiago do Chile, correspondente para o site www.Terra.com e freela para Folha de S. Paulo, entre outros meios na América Latina. Atualmente estuda Superior de Política de Munique e apresenta o programa de Radio "Brasilien in Focus" na Radio Lora FM de Munique. RedaçãoEuropa é a sua redação jornalística direto da Europa. Com notícias atualizadas sob o ponto de vista do jornalismo brasileiro. Porque o diferencial também é notícia, através do RedaçãoEuropa você terá acesso a matérias elaboradas e que as grandes agências não cobrem. Leia nossas matérias, retwitte, comente e informe-se. Um grande abraço sua Redação na Europa.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: