França proíbe grandes supermercados de jogar no lixo mercadorias vencidas


A decisão do Parlamento francês provocou surpresa nos países vizinhos e, ao mesmo tempo, deve dar um grande impulso para que outros países os sigam os mesmos passos.

O desperdício de alimentos na França chegou ao fim. Supermercados do atacado e varejo estão proibidos de inutilizar e jogar alimentos vencidos no lixo. A decisão foi tomada pelo Parlamento francês na passada quinta-feira ( 21/05).

A nova lei, que prevê pena judiciais para quem não cumprir as medidas impostas, proíbe também que os alimentos vencidos sejam inutilizados para o consumo. Isso porquê, os supermercados tinham como pratica comum despejar cloro nos alimentos retirados das prateleiras, depois que estes venciam, antes de jogá-los no lixo. Com esse precedimento, os mercados garantiam que seus containers de lixo não fossem roubados ou revirados por moradores de rua.

A medidas atingem os supermercados com mais de 400 m2, além disso, estes são obrigados a fazer um acordo com uma organização de caridade que receberá os alimentos. Numa média anual, cada francês joga no lixo entre 20 e 30 quilos de alimentos com um valor estimado de entre 12 e 20 bilhões de euros.

Sobre Redação Europa
Luciano Alarcón, é jornalista formado pelo Centro Universitário de Araraquara, foi jornalista e Webmaster da Revista AméricaEconomía em Santiago do Chile, correspondente para o site www.Terra.com e freela para Folha de S. Paulo, entre outros meios na América Latina. Atualmente estuda Superior de Política de Munique e apresenta o programa de Radio "Brasilien in Focus" na Radio Lora FM de Munique. RedaçãoEuropa é a sua redação jornalística direto da Europa. Com notícias atualizadas sob o ponto de vista do jornalismo brasileiro. Porque o diferencial também é notícia, através do RedaçãoEuropa você terá acesso a matérias elaboradas e que as grandes agências não cobrem. Leia nossas matérias, retwitte, comente e informe-se. Um grande abraço sua Redação na Europa.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: