12 mil saem às ruas de Munique contra o racismo


Na tarde de ontem (22/12), cerca de 12 mil manifestantes municenses mostraram sua força contra o Pegida. Por outro lado, Pediga reuniu cerca de 2 mil pessoas.

Cerca de 12 mil pessoas saíram às ruas num movimento contra o Pediga (Patriotas europeus contra a islamisação do ocidente) e assim, demonstrar que o estado livre da Baviera sim está a favor de aceitar alguns dos milhares de refugiados de guerra proveniente da Síria e do oriente.
Com gritos de “temos lugares. Os refugiados aqui são bem-vindos” os demonstrantes se reuniram na praça em frente ao teatro nacional no centro de Munique. O prefeito de Munique, Dieter Reiter (do Partido Social Alemão), disse que Munique “mostrou o seu melhor lado. Aqui é lugar para pessoas com difentes cor de pele, origem ou língua materna”. Outros artistas e celebridades nascidas em Munique também deram sua opinião contra Pegida.

De acordo com informações do jornal municense Süddeutsche Zeitung, um dos refugiados que foi alojado provisoriamente em dos quarteis do Exército alemão na cidade contou à multidão que na sua chegada foi humilhado e dormiu três no chão, já que o local não estava preparado para receber refugiados.

Uma das reinvidicações do movimento anti-pegida é o investimento em acampamento para receber os milhões de refugiados do Oriente e África.

Mügida
Os 12 mil manisfestantes foram convocados para neutralizar uma demonstração do Pegida convocada para o mesmo dia. E a estragéia teve efeito. As cerca 2 mil pessoas que chegaram à demonstração convocada pelo Pegida, que em Munique se auto-denominaram Mügida (Münchener gegen die Islamisierung des Abendlandes – em português Municenses contra a islamisação do ocidente) – tiveram o seu direito de manifestação garantido pelo Polícia local.

Não há informações de presos ou confrontações entre os manifestantes.
Atualmente, Munique tem 1,4 milhão de habitantes, dos quais 466 mil têm origem direta ou indireta de estrangeiro.

Sobre Redação Europa
Luciano Alarcón, é jornalista formado pelo Centro Universitário de Araraquara, foi jornalista e Webmaster da Revista AméricaEconomía em Santiago do Chile, correspondente para o site www.Terra.com e freela para Folha de S. Paulo, entre outros meios na América Latina. Atualmente estuda Superior de Política de Munique e apresenta o programa de Radio "Brasilien in Focus" na Radio Lora FM de Munique. RedaçãoEuropa é a sua redação jornalística direto da Europa. Com notícias atualizadas sob o ponto de vista do jornalismo brasileiro. Porque o diferencial também é notícia, através do RedaçãoEuropa você terá acesso a matérias elaboradas e que as grandes agências não cobrem. Leia nossas matérias, retwitte, comente e informe-se. Um grande abraço sua Redação na Europa.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: