Governo bavario proíbe demonstração de Partidários de extrema direita


Planejada para o sábado (19), a passapeata pacífica convocada pelo partidário do Partido Nacionalsocialista da Alemanha foi proibido. Segundo um comunicado divulgado pelo Estado Livre da Baviera, a passeata convocada por simpatizante do Nacional Socialismo foi proibido por ser provacativa.

A passeata convocada pela “Bürgerinitiative Ausländerstopp” (Iniciativa Popular Parar Estrangeiros, numa tradução livre) havia convocado para o sábado (19) uma passeata pacífica na altura da Praça Heimeran, em Munique. Porém, a Justiça do Estado Livre da Baviera proibiu a demonstração, já que estava planejada para passar cerca do local, onde em 2005, Theodoros Boulgarides, de origem grega, foi morto em um atentado terrorista.

“A demonstração será a 700 metros do local do atentado em 2005, e isso é inaceitável. É uma provocação”, disse o representante do Estado bavario Wilfried Blume-Beyerle. Outro argumento apresentados foram a recente descoberta do grupo de extramemistas de direita ligados a vários atentandos contra estrangeiros.

O representante do governo Bavario explicou que a decisão foi tomada consciente, ainda que infrija a constituição do país, onde esta garantido o direito de manifestações sem prévio aviso.

Roland Wuttke, representante do Partido Nacional Socialista Alemão, disse que cerca de 20 pessoas já haviam aderido a demonstração que tinha por temática: “Fora estrangeiros criminosos”.

Sobre Redação Europa
Luciano Alarcón, é jornalista formado pelo Centro Universitário de Araraquara, foi jornalista e Webmaster da Revista AméricaEconomía em Santiago do Chile, correspondente para o site www.Terra.com e freela para Folha de S. Paulo, entre outros meios na América Latina. Atualmente estuda Superior de Política de Munique e apresenta o programa de Radio "Brasilien in Focus" na Radio Lora FM de Munique. RedaçãoEuropa é a sua redação jornalística direto da Europa. Com notícias atualizadas sob o ponto de vista do jornalismo brasileiro. Porque o diferencial também é notícia, através do RedaçãoEuropa você terá acesso a matérias elaboradas e que as grandes agências não cobrem. Leia nossas matérias, retwitte, comente e informe-se. Um grande abraço sua Redação na Europa.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: